Últimas Notícias

Mortes por coronavírus passam de 10 mil no mundo

ad+1

G1 -


Mais de 220 mil foram infectados e mais de 10 mil morreram por causa do novo coronavírus, o Sars-Cov-2, em todo o mundo, de acordo com a universidade americana Johns Hopkins.

Nos Estados Unidos, 44 milhões de moradores da Califórnia foram orientados a não deixar suas casas para evitar a propagação do vírus. Essa é a primeira iniciativa desse tipo em território americano. No país inteiro, mais de 14 mil foram infectados, ainda segundo a universidade.



Inscreva-se em nosso canal do Youtube: Clique aqui!


Austrália decidiu fechar os acessos a comunidades aborígenes remotas com o objetivo de evitar que o Covid-19 atinja populações vulneráveis, que poderiam ser devastadas rapidamente.

As autoridades australianas também estão rastreando mais de 2,6 mil pessoas que desembarcaram de um navio da Ruby Princess na quinta-feira (19), depois que três passageiros e um membro da tripulação tiveram resultado positivo para Covid-19, a doença provada pelo novo coronavírus.

Todos os passageiros foram convidados a passar 14 dias em quarentena em casa, mas as autoridades querem que elas sejam informadas de que foram registrados casos da doença entre os que estavam no cruzeiro.
Coronavírus: quais os sintomas e quando devo procurar um médico?

Coronavírus: quais os sintomas e quando devo procurar um médico?

Mortes no Irã e Espanha
Terceiro país no mundo com mais infectados pelo novo coronavírus, o Irã anunciou que o número de mortos pela doença aumentou 149 nesta sexta-feira, chegando a 1.433 vítimas fatais. A informação, divulgada por um porta-voz do Ministério da Saúde, vai de encontro aos números alarmantes no país: são mais de 19 mil infectados, atrás apenas de China e Itália.

A Espanha chegou ao número de 1.002 mortos em decorrência da Covid-19. Já são quase 20 mil infectados no país, de acordo com dados do Ministério da Saúde espanhol. É o quarto país na lista dos mais infectados com a doença, abaixo apenas dos três citados acima. Houve um aumento de 30% nas mortes nas últimas 24 horas, com novas 235 vítimas fatais.

Restrições e mudanças ampliadas
A Áustria ampliou as medidas restritivas no país até o dia 13 de abril. O anúncio foi feito pelo chanceler Sebastian Kurz. O país já registrou mais de 2.200 casos do Covid-19 e seis mortes pela pandemia global. As severas medidas de restrição de circulação começaram na última segunda-feira, em resposta ao aumento dos casos no país.

O Palácio de Buckingham anunciou que a cerimônia de troca de guarda nos palácios da Rainha Elizabeth II foi adiada e ainda não tem nova data para acontecer, na tentativa também de conter o avanço do surto de Covid-19.

0 comentários:

Disponível 24h

Disponível 24h