Últimas Notícias

Waldson de Souza desiste do pedido de habeas corpus no STJ

ad+1

Portal Correio -

O ex-secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Waldson de Souza, declinou do pedido de habeas corpus impetrado junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). A desistência foi homologada na noite desse domingo (22) e pode significar um acordo de delação premiada.

Waldson de Souza foi preso na última terça-feira (17) na sétima fase da Operação Calvário, batizada como ‘Juízo Final’. Segundo o Ministério Público, ele integrava o núcleo administrativo da organização criminosa investigada.
Waldson de Souza é apontado como responsável pelos acordos políticos e apoios, mediante repasse de dinheiro a prefeitos, deputados e candidatos nos 223 municípios paraibanos. O ex-secretário também teria estruturado mecanismos de ocultação das propinas, por meio de escritórios de advocacia, e era responsável pela escolha de agentes econômicos.
O ex-secretário está na Penitenciária de Segurança Média Juiz Hitler Cantalice, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. Estão presos na mesma unidade o ex-procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, e Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo Coutinho.

0 comentários:

Disponível 24h

Disponível 24h