Últimas Notícias

Creche do limeira: Oposição tentou livrar ex-prefeitos de processo e transferir responsabilidade para Olivânio Remígio

ad+1

Redação -



Obra da Creche do bairro limeira se arrasta por 7 anos cercada de polêmica

O destravamento do processo em que dá posse da creche do bairro limeira para a prefeitura de Picuí trouxe à tona uma manobra dos vereadores que compõem a base de oposição ao governo municipal em transferir a responsabilidade do prédio e as consequências para o atual prefeito Olivânio Remígio.

Inscreva-se em nosso canal do Youtube: Clique aqui


Durante dois anos, os vereadores de oposição que são ligados diretamente ao ex-prefeito e atual deputado estadual Buba Germano, insistiram quase que semanalmente em programas de rádio para que Olivânio tomasse posse do prédio e pusesse para funcionar. Dessa forma, de acordo com Olivânio, a responsabilidade sobre os problemas de prestação de contas e a não conclusão do serviço cairia sobre ele já que assumiria o ônus por colocar em funcionamento. Dessa forma estaria livrando os ex-prefeitos de qualquer processo e assumindo a culpa de um problema que não era seu. “Quem desviou recursos que arque com as consequências”, disse em entrevista nesta terça-feira (19).

Durante mais de um ano o governo municipal contatou a empresa responsável pela obra para que concluísse o serviço. Os dois ex-prefeitos que deram início, Buba Germano e Acácio Dantas, juntos foram notificados, em 2018, a devolver aos cofres do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) o valor de R$1.309,001 (Um milhão trezentos e nove mil reais e um centavo) por problemas na prestação de contas.

Vale lembrar que a obra foi paga em sua totalidade no último dia útil de 2016 (29/12) mesmo sem estar concluída. 

Pergunta: Será que a manobra realizada pelos membros da oposição faz parte da carta-compromisso assinada por eles em 2016 em obedecer o seu líder político Buba Germano e livra-lo do processo?

0 comentários:

Disponível 24h

Disponível 24h