Últimas Notícias

Prefeito e vice de Pocinhos podem ser cassados e também multados

ad+1

Se liga PB -

Cláudio/imagens divulgação
Ministério Público Eleitoral se manifestou pelo provimento do recurso interposto pela ex-candidata a prefeita de Pocinhos, Eliane Galdino, para reformar sentença de primeiro grau para cassar o mandato do prefeito Cláudio Chaves Costa e da vice-prefeita Maísa Souto, e aplicação de multa.
Eliane interpôs recurso após a sentença proferida pelo Juízo Eleitoral da 50ª Zona Eleitoral – Pocinhos, que julgou improcedentes os pedidos formulados na Ação de Investigação Judicial Eleitoral  – AIJE – nas eleições de 2016.
De acordo com a denúncia, o prefeito e a vice de Pocinhos teriam praticado captação ilícita de sufrágio, conduta vedada e abuso de poder, mediante nomeação/contratação e pagamento de vantagens aos servidores no ano eleitoral.
– Diante do exposto, o Ministério Público Eleitoral manifesta-se pelo provimento parcial do recurso interposto por Eliane Moura dos Santos Galdino, para reformar sentença de primeiro grau e aplicar ao Sr. Cláudio Chaves Costa a multa prevista – descreveu o procurador Regional Eleitoral, Victor Carvalho Veggi, em 7 de fevereiro de 2019.
De acordo com a denúncia, o prefeito e a vice de Pocinhos teriam praticado captação ilícita de sufrágio, conduta vedada e abuso de poder, mediante nomeação/contratação e pagamento de vantagens aos servidores no ano eleitoral.

0 comentários:

Disponível 24h

Disponível 24h