Últimas Notícias

Praticamente só, gestão municipal abastece toda zona urbana e rural de Picuí

ad+1

Redação -


“Enquanto uns insistem em atirar pedras em nossa gestão, estamos nós, enfrentando a maior crise hídrica e financeira da história, seguimos o desafio, de abastecer a cidade inteira, por meio de carro pipa!”, foram com essas palavras que o prefeito de Picuí, Olivânio Remígio postou em sua rede social a dificuldade que tem de auxiliar a população a enfrentar a crise hídrica no município.

Os caminhões pipa do município estão trabalhando de forma incessante para que a população tenha, na medida do possível, água em casa para beber e uso cotidiano. Além disso, através de ações articuladas, a prefeitura realizou a perfuração de poços nas zonas urbanas e rural para obter fontes de água. “O poço que furamos na maricota, na época foi denunciado por uma cidadã que passou e viu que estávamos trazendo um benefício para a população e hoje esse mesmo poço está servindo demais tanto a quem vai lá buscar água quanto aos caminhões da prefeitura”, disse na ocasião Olivânio em programa de rádio.

O trabalho de abastecimento acontece praticamente durante as 24h do dia e Picuí, retirando algumas poucas localidades que são abastecidas pelo exército, está praticamente abandonado pelos representantes do governo do estado. De acordo com Olivânio, antes existiam dois caminhões pipa do estado para dar suporte e hoje, diferente de municípios aliados, Picuí praticamente deixou de existir para a esfera estadual.

0 comentários:

Disponível 24h

Disponível 24h