Últimas Notícias

Desde 2012: Enquanto ex-gestores ‘sujaram’, Olivânio Remígio ‘limpa o nome’ de Picuí no Governo Federal

ad+1

Redação -


Parece fake, mas desde o ano de 2012 o município de Picuí estava com pendências perante o governo federal no Cadastro Único de Convênios (CAUC), uma espécie de SPC para os estados e municípios. O anúncio foi feito por meio da rede social do prefeito e do programa de rádio 'Espaço Popular' deste domingo (19).

De acordo com o site oficial da secretaria de governo, as pendências no CAUC, impedem estados e municípios de receber recursos federais em razão de inadimplência junto ao cadastro. De acordo com o Prefeito Olivânio Remígio, com a retirada do nome de Picuí junto ao cadastro o município poderá, além de receber convênios federais, concorrer a editais e destravar processos que estavam parados. “Nós temos emendas para pavimentação de 12 ruas e como agora o município está com o nome limpo, essa semana vou à João Pessoa para solicitar a liberação de convênios principalmente para o bairro JK que faz mais de um ano que estamos para realizar obras com esse dinheiro e não estávamos conseguindo”, enfatizou.

Olivânio fez o dever de casa sobre regularizar a situação do município que os ex-gestores sujaram. Agora, com a nova fase de crescimento municipal, Picuí cada vez mais olha pra frente porque os ex-gestores serão responsabilizados sobre alguma prestação de conta não esclarecida em que deverão responder ao governo federal pelo que fizeram ou deixaram de fazer com os recursos federais.

O RASTRO DA INCOMPETÊNCIA

Ainda de acordo com Olivânio, existem problemas deixados pelos ex-gestores municipais como a adutora de Serra dos Brandões em que o dinheiro do convênio foi gasto e a obra, de acordo com ele, não foi executada. A biblioteca municipal, a escola municipal de Serra dos Brandões, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Creche do bairro limeira e a quadra poliesportiva na comunidade rural de Lagedo Grande.

“São coisas que eu não vou responder por isso e tampouco a Prefeitura de Picuí porque o executivo municipal como edilidade pública não pode ser penalizado por problemas provocados por pessoas”, finalizou.

Com esse passo, a prefeitura de Picuí passa a destravar todos os convênios que estavam ‘engavetados’.



0 comentários:

Disponível 24h

Disponível 24h