Últimas Notícias

Palestinos enterram seus mortos após confronto

ad+1

Nuno Garcias (Portugal) -
por AFPBR -


Milhares de moradores de Gaza compareceram neste sábado aos funerais dos manifestantes mortos na sexta-feira em confrontos com o exército israelense, que deixaram 16 vítimas fatais do lado palestino, no dia mais violento desde a guerra de 2014.
O protesto, com duração prevista de seis semanas ao longo da cerca de segurança entre Gaza e Israel, foi convocada pela sociedade civil para exigir o "direito de retorno" dos refugiados palestinos e denunciar o bloqueio imposto por Israel a Gaza.
A tensão é grande desde que os soldados israelenses abriram fogo na sexta-feira contra contra os palestinos que se aproximaram da cerca de fronteira fortificada entre a Faixa de Gaza e Israel, habitualmente cenário de violentos distúrbios.
Além dos 16 mortos, confrontos deixaram mais de 1.400 feridos, 758 deles por tiros e os demais por balas de borracha ou inalação de gás lacrimogêneo, segundo o ministério da Saúde de Gaza. Os confrontos não deixaram vítimas do lado israelense.

Vídeo:

0 comentários:

Disponível 24h

Disponível 24h