Últimas Notícias

Soda cáustica: Cagepa vai recorrer da multa de R$ 12 milhões

ad+1

Portal Correio -

Embora especialistas, associações de moradores e até o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) afirmem que houve danos sérios ao meio ambiente provocados pelo despejo de soda cáustica ocorrido após vazamento no Rio Gramame, no município do Conde, na Grande João Pessoa, a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) permanece negando essas consequências. 

Baixe nosso aplicativo 24h: Clicando aqui. Curta nossa Página no Facebook e Siga-nos no Instagram para se manter sempre bem informado.

Diante disso, em nota enviada à imprensa, o órgão afirma que vai recorrer da decisão que o condenou ao pagamento de uma multa no valor de R$ 12,5 milhões.

A punição foi aplicada pelo Ibama que, em laudo técnico, comprovou que peixes estão morrendo no rio por conta do vazamento da soda cáustica. O Instituto requereu, inclusive, providências urgentes da Cagepa para evitar um possível segundo vazamento.

0 comentários:

Disponível 24h

Disponível 24h