Últimas Notícias

Morte de Shaolin completa dois anos

ad+1

Portal Correio -

Dois anos de saudade. É assim que a Paraíba amanhece neste domingo (14) no segundo aniversário de morte do humorista paraibano Shaolin, que morreu em 14 de janeiro de 2016, cinco anos após ser vítima de um acidente automobilístico, quando o veículo que conduzia se chocou com um caminhão na rodovia BR-230, em Campina Grande.
A viúva de Shaolin, Laudiceia Veloso, usou as redes sociais para relembrar a partida do esposo. “Há dois anos vi nos seus olhos a serenidade de quem já havia cumprido a missão que lhe foi delegada aqui na Terra. Vi o amor que nos manteve juntos por 21 anos e com este amor, vi um ‘até breve’. ‘Até breve’ nem sempre significa que o reencontro acontecerá em poucos anos, meses, dias ou horas… ‘Até breve’ significa que sempre estaremos juntos, mesmo que não nos vejamos, falemos ou toquemos fisicamente, mas juntos no pensamento, na oração e no coração”, escreveu Laudiceia.
Conhecido em todo o Brasil, a trajetória artística do sertanejo nascido em Coremas começou em Campina Grande. Ainda criança, foi com a família morar na Serra da Borborema, enfrentando dificuldades financeiras. Isso o motivou a buscar emprego mesmo que muito jovem.
Antes de completar 18 anos Shaolin já havia passado por uma agência de propaganda e se tornado cartunista oficial do tradicional jornal A Palavra, editado pelo jornalista Marcos Marinho.
Mas foi no fim da década de 1980 que passou a fazer as imitações que mostrava apenas para os amigos de maneira profissional.
Em pouco tempo, conquistou a mídia nacional. Inicialmente, conseguiu espaço em programas e esteve na Record onde sua carreira já consolidada ganhou ainda mais destaque.

0 comentários:

Disponível 24h

Disponível 24h