Últimas Notícias

Ataque no Equador classificado como "ato terrorista"

ad+1

Nuno Garcias (Portugal) -
por AFPBR -


O presidente do Equador, Lenín Moreno, classificou de "ato terrorista" do narcotráfico o ataque com carro-bomba contra um quartel policial, localizado na fronteira com a Colômbia, e que deixou 28 pessoas com ferimentos leves neste sábado."É um ato terrorista ligado a quadrilhas de narcotraficantes que foram afetadas pelas forças de segurança do Estado equatoriano. Não vamos permitir que nos amedrontem", escreveu Moreno em sua conta do Twitter.

O presidente decretou o estado de exceção nos municípios de Eloy Alfaro e San Lorenzo, onde vivem cerca de 56 mil pessoas, "a fim de fortalecer a segurança dos cidadãos e da fronteira".

De acordo com a Constituição, o estado de exceção permite ao presidente recorrer às Forças Armadas e à polícia, ordenar o fechamento das fronteiras, estabelecer como zona de segurança todo a parte do território nacional.



0 comentários:

Disponível 24h

Disponível 24h