Últimas Notícias

Casal detido por matar, congelar e comer 30 pessoas

ad+1

Nuno Garcias (Portugal) -
por CMNotícias - 

Dmitry Baksheev e a mulher foram detidos por assassinarem 30 pessoas e depois comerem os corpos, na Rússia. Segundo a agência noticiosa ANSA, o casal negou inicialmente o crime acabando, mais tarde, por confessar a morte de apenas duas pessoas. Os suspeitos admitiram ainda que guardavam as vítimas no congelador para depois comerem. 

O suspeito, de 35 anos, foi preso há semanas depois de terem sido encontrados restos mortais de uma mulher no dormitório militar onde o casal vivia. Nessa altura, as autoridades também encontraram a mala da vítima e fotografias do suspeito, junto a partes de um corpo. 

A mulher de Dmirtry, Natalia Baksheeva, de 42 anos, era conhecida na localidade pela sua agressividade e também foi detida. Segundo o jornal Metrópoles, a companheira de Dmirtry, enfermeira de profissão, foi sujeita a avaliações psicológicas e os resultados não apresentaram qualquer anomalia no foro psicológico. 

De acordo com a imprensa internacional, a polícia encontrou em casa do casal vários pacotes congelados com restos de corpos humanos. Até ao momento, as autoridades só conseguiram identificar sete dos 30 corpos encontrados. A polícia adianta que o casal começou as práticas de canibalismo há 18 anos.

0 comentários:

Disponível 24h

Disponível 24h