Últimas Notícias

Mais de 20 mil pessoas nas ruas de Estocolmo contra o terrorismo

ad+1

Nuno Garcias (Portugal) -
JNotícias -

Milhares de suecos saíram este domingo à rua em Estocolmo para se manifestarem contra o terrorismo e homenagearem as vítimas do ataque de sexta-feira na capital, que fez quatro mortos e 15 feridos.
"Nós falamos, não lutamos. Nós venceremos", afirmou Marianne, uma das milhares de pessoas que este domingo se concentraram junto da rua pedonal onde ocorreu o ataque com um camião.
As mais de 20 mil pessoas, segundo dados da câmara municipal de Estocolmo, juntaram-se para prestar homenagem às vítimas do ataque, dois dias depois de um camião ter abalroado dezenas de pessoas numa rua pedonal da capital.
"É importante mantemo-nos unidos e permanecermos fortes para lutarmos contra qualquer coisa que ameace a nossa sociedade, construída na base da democracia. Nós falamos, não lutamos", disse Marianne.
Mikael Berggren, um habitante de Estocolmo de 36 anos que estava no local com os seus dois filhos de três e um ano, considera importante que a vida da cidade, habitualmente segura, não se altere.O presidente da câmara de Estocolmo, Karin Wanngård, elogiou "uma cidade aberta, enamorada da democracia e da tolerância".
"Estocolmo é a nossa cidade, uma cidade que se orgulha de ser o que queremos que seja. O medo não pode prevalecer, o terrorismo nunca poderá vencer", disse a social-democrata, dirigindo-se aos participantes. A iniciativa foi lançada na rede social Facebook e levou milhares de suecos a prestarem a sua homenagem às vítimas junto do local onde o camião atropelou várias pessoas. Dois cidadãos suecos, entre os quais uma criança, um britânico e um belga, são as vítimas mortais do atentado.
A polícia sueca acredita que o autor do ataque é um uzbeque de 39 anos, que foi detido na sexta-feira, mas as investigações não descartam a possibilidade de o atacante ter tido ajuda de outras pessoas.

0 comentários:

Disponível 24h

Disponível 24h